Mensagens recentes

Páginas: [1] 2 3 4 5 6 7 8 9 10
1
[Entretenimento] O que estás a ouvir? / Re: [Entretenimento] O que estás a ouvir?
« Última mensagem por Nice_Man em Outubro 19, 2021, 23:07:01 »
Sem permissão para ver links. Regista te ou Entra
2
Noticias do Dia / Queda das Redes Sociais
« Última mensagem por Athena em Outubro 05, 2021, 13:09:29 »
Sem permissão para ver imagens. Sem permissão para ver links. Regista te ou Entra


O que se sabe sobre a queda do WhatsApp, Instagram e Facebook
Serviços das empresas de Mark Zuckerberg ficaram fora do ar no mundo todo nesta segunda-feira (4) e ainda não se sabe exatamente a origem do problema

Usuários do WhatsApp, Facebook, Instagram e Messenger relataram que os serviços dos aplicativos pararam de funcionar na tarde desta segunda (4) — tanto na versão web (para computadores) quanto nos aplicativos para celular.

Quando e onde?
Os relatos sobre a queda dos serviços começaram por volta de 12h30 (horário de Brasília) entre os usuários. Mas os problemas não se restringiram ao Brasil. Os serviços estavam indisponíveis em várias partes do mundo.

Aplicativos já voltaram a funcionar?
Por volta das 18h40, após seis horas fora do ar, Facebook, Instagram e Messenger voltaram a funcionar. O WhatsApp demorou uma hora a mais para ter os serviços normalizados. Pouco antes das 20h, usuários já conseguiam mandar mensagens pelo aplicativo.

O que dizem as empresas?
Ao CNN Brasil Business, o WhatsApp afirmou que “está investigando o motivo dessa instabilidade” e que irá “compartilhar novidades” assim que tiver completado a investigação.

Em seu perfil oficial no Twitter, o app de mensagens completou que “está ciente de que algumas pessoas estão enfrentando problemas com o WhatsApp no momento”. “Estamos trabalhando para que as coisas voltem ao normal e enviaremos uma atualização aqui assim que possível”, diz o post.

O Facebook também usou o Twitter para se posicionar sobre a situação.

Leia mais sobre a instabilidade das redes sociais

WhatsApp, Instagram, Facebook e Messenger ficam fora do ar nesta segunda-feira (4)
WhatsApp, Instagram, Facebook e Messenger ficam fora do ar nesta segunda-feira (4)
WhatsApp caiu? Veja alternativas de aplicativos para trocar mensagens de graça
WhatsApp caiu? Veja alternativas de aplicativos para trocar mensagens de graça
Redes sociais ironizam queda de WhatsApp e Facebook no Twitter
Redes sociais ironizam queda de WhatsApp e Facebook no Twitter
“Estamos cientes de que algumas pessoas estão tendo problemas para acessar nossos aplicativos e produtos. Estamos trabalhando para que as coisas voltem ao normal o mais rápido possível e pedimos desculpas por qualquer inconveniente”, disse a empresa.

O Instagram, por sua vez, havia afirmado que a rede social estava “passando por um momento difícil”. “Tenha paciência conosco, estamos trabalhando nisso”, disse a empresa.

O que aconteceu?
Nenhum dos aplicativos explicou qual o problema, e o motivo da interrupção não foi imediatamente esclarecido. No entanto, vários especialistas em segurança apontaram rapidamente para um problema de Sistema de Nomes de Domínio, conhecido pela sigla em inglês DNS, como um possível culpado.

Por volta das 13h no horário do leste dos EUA, a ThousandEyes, divisão de análise de Internet da Cisco, disse no Twitter que seus testes indicam que a interrupção se deve a uma falha contínua de DNS. O DNS traduz nomes de sites em endereços IP que podem ser lidos por um computador. Geralmente é chamada de “lista telefônica da Internet”.

Segundo o site DownDetector, que monitora sites e apps que não estão funcionando, 38% dos problemas mais notificados no WhatsApp têm relação com o envio de mensagens, bem como no Messenger, enquanto os feeds do Instagram e do Facebook não carregam.

Fabro Steibel, conselheiro da MIT Sloan Review Brasil e diretor-executivo do Instituto de Tecnologia e Sociedade (ITS) explica que o Facebook tem um plano de resiliência, ou seja, de absorver eventuais problemas técnicos para uma retomada imediata do sistema.

“Mas um problema de infraestrutura pode estar causando esse longo período fora do ar. Isso só pode ser cravado após análise técnica.” Fabro também não descarta possíveis ataques hackers.

Arthur Igreja, especialista em inovação, cibersegurança e tecnologia, também destaca que os motivos levantados até agora não passam de especulação, que só pode ser cravado após análise técnica. “Mas é o provável seja a questão de infraestrutura na internet mesmo.”

Outras redes sociais ficaram instáveis?
Minutos depois de o WhatsApp sair do ar, começaram a pipocar nas redes sociais queixas de usuários sobre instabilidade no aplicativo de conversas Telegram. É possível que o concorrente do aplicativo de Mark Zuckerberg tenha sofrido com um excesso de usuários, conforme sugerem comentários no DownDetector.

Usuários do TikTok também apontaram problemas na ferramenta, segundo o site que monitora sites e aplicativos que não estão funcionando.

O CNN Brasil Business entrou em contato com as empresas e ainda aguarda resposta.

Queda histórica?
Segundo Arthur Igreja, esta pode ser considerada uma queda histórica, já que em outras falhas das redes, o tempo médio foi de uma a duas horas de duração.

Para ele, a queda tão demorada deve impactar por um período, até que todo o sistema esteja reestabelecido. “É ‘efeito dominó’, quando uma rede falha automaticamente, a procura pela outra acaba crescendo. E isso gera uma sobrecarga.”

Qual o impacto nas ações?
As ações do Facebook, listadas na Nasdaq, em Nova York, caíam mais de 5% na tarde desta segunda-feira (4), em um dia em que as páginas e aplicativos do grupo saíram do ar em todo o mundo e também em meio a quedas generalizadas no setor de tecnologia.

Por volta das 15h30, os papéis caíam 5,45%, cotados a US$ 324,30. A Nasdaq caía 2,3%.

Quais são as alternativas de aplicativos para trocar mensagens de graça?
A CNN separou algumas alternativas de aplicativos de troca de mensagens para usar como alternativa.

Telegram
O Telegram já é um famoso concorrente do WhatsApp no Brasil, e possui funcionalidades semelhantes que não devem ser um percalço para quem ainda não é familiarizado com ele, como envio expresso de texto, áudios, fotos, criação de grupos, vídeochamadas, compartilhamento de figurinhas, entre outros.

Signal
O Signal teve um pico de popularidade após o WhatsApp ter anunciado mudanças nas configurações de privacidade e chegou a ser elogiado por Elon Musk, o bilionário dono da Tesla.

WeChat
Fenômeno na China, também gratuito e com funcionalidades semelhantes aos demais, o WeChat pode ser especialmente interessante para aqueles que comunicam-se globalmente: o aplicativo oferece tradução simultânea em mais de 20 idiomas.

Viber
O aplicativo japonês Viber foi criado em 2010 pouco depois do WhatsApp, que nasceu em 2009 nos Estados Unidos, e também popularizou-se entre os meios gratuitos de troca de mensagens.

Skype
Conhecido no Brasil há tempos como uma das primeiras ferramentas para chamadas de vídeo a longa distância, o Skype dispõe de um chat mais simples que as alternativas anteriores, mas também permite o compartilhamento de imagens, vídeos e até chamadas de voz para celulares e telefones fixos a taxas locais. Além disso, o uso vai além do celular e do computador e tem um bom funcionamento em tablets.

Google Chat
Uma boa alternativa para quem usa os serviços do Google no dia-a-dia – como o Google Chrome, Gmail, Drive e outros – é utilizar o Google Chat.

Denúncias ao Facebook
A instabilidade veio no dia seguinte ao programa “60 Minutes”, famoso nos Estados Unidos, transmitir uma entrevista com a denunciante do Facebook, Frances Haugen, que afirmou que a empresa está ciente de como suas plataformas são usadas para espalhar ódio, violência e desinformação, e que a empresa tentou esconder essa evidência. O Facebook rejeitou essas afirmações.

A entrevista ocorreu após semanas de reportagens e críticas ao Facebook, depois que Haugen divulgou milhares de páginas de documentos internos para reguladores e para o Wall Street Journal. Haugen deve testemunhar perante um subcomitê do Senado na terça-feira (5).

Não há indícios, por enquanto, que a queda dos serviços do Facebook esteja relacionada às revelações.

Sem permissão para ver links. Regista te ou Entra
3
Relatos e Experiências Sobrenaturais / Re: Visão
« Última mensagem por JohnnyBlaze em Outubro 05, 2021, 11:38:31 »
Aquilo que eu sempre digo é procurar conhecimento sempre, existem ordens ou até certas religiões muito antigas que possuem as respostas para muitas coisas. A minha inconformidade com o vazio das respostas às perguntas que fazia fez-me procurar sempre mais informação com quem possui grandes estudos sobre variados assuntos relacionados à espiritualidade. Ordens antigas por exemplo. E por muito que já estudei, ainda sei muito pouco, é muito estudo mesmo.
4
Relatos e Experiências Sobrenaturais / Re: Visão
« Última mensagem por Aquariousgirl em Outubro 05, 2021, 09:26:25 »
Obrigada pelo vosso feedback. ;)
Em relação a não ter ligação com o irmão da minha tia, acredito que possa não ter. Foi apenas uma tentativa de querermos perceber porquê o mesmo menino. Vai ser sempre um mistério...
De qualquer maneira, desde que rezamos pelo bebé o menino nunca mais apareceu e a minha prima nunca mais teve o sonho. Também não sei qual é a ligação...
5
[Entretenimento] O que estás a ouvir? / Re: [Entretenimento] O que estás a ouvir?
« Última mensagem por Nice_Man em Setembro 24, 2021, 10:30:30 »
Sem permissão para ver links. Regista te ou Entra
6
Assuntos Místicos Generalistas / Sintomas de Ascensão
« Última mensagem por Athena em Setembro 10, 2021, 10:38:27 »
Sem permissão para ver imagens. Sem permissão para ver links. Regista te ou Entra


O que significa Ascensão
O processo de ascensão é atualmente sentido permitindo ao ser humano deixar ir o que já não precisa, o que tem uma vibração mais baixa.

Todos os aspectos energéticos do ser humano estão envolvidos nesse processo que pode ser extremamente intenso, mas em alguns outros momentos, uma onda de calma pode se instalar.

É possível que você sinta alguns ou mesmo todos os sintomas em vários momentos, vários períodos e com várias intensidades.

Não há bons ou maus sintomas, não há bom ou mau ritmo de transformação, cada um vive a sua própria experiência. Para aqueles que são extremamente sensíveis, que já têm habilidades psíquicas e que já estão muito abertos e muito ligados às esferas superiores, o processo de ascensão pode representar um grande desafio. Se esse é o seu caso, é primordial que você se ancore e se conecte à Mãe Terra constantemente.

Se você sente que está em um estado onde já não é capaz de viver com essas mudanças que, por vezes, são intensas e até imprevisíveis, esteja pronto para levar um tempo para si mesmo.

Mulher branca com lenço enrolado na cabeça com os olhos para fora.
besservisuals / Reshot
Faça algo que você goste.

Dance. Escreva. Ande na natureza, deite-se na grama, medite. Beba muita água porque você liberta muitas toxinas. E respire fundo.

Interaja com pessoas que vivem a mesma coisa. Faça um pouco de pesquisa sobre o assunto.

Você verá, e isso muito rápido, que você não está sozinho(a).

Você também verá que algumas pessoas não têm ideia do que você está falando e isso pode representar um desafio.

Aviso importante: Os sintomas desta lista representam os que foram vividos por muitas pessoas. Esta lista não insinua, em caso algum, que qualquer um que vive esses sintomas esteja necessariamente no caminho da ascensão e que não haja nenhuma outra causa do seu estado.

Use o seu bom julgamento e, por favor, consulte um médico, um profissional de saúde, se você sentir a necessidade.

Aqui estão alguns dos sintomas que você pode sentir:
Manifestação acelerada do que você pensa tornar-se realidade, mais do que antes.

Quando você se torna consciente desse fato, pensar positivamente vai tornar-se imperativo. É possível para você criar, conscientemente, aqui e agora.

Perda de memória
Esquecer coisas, nomes. O seu passado faz parte do que já não existe, você se lembra do “velho”, mas apenas vagamente, como se nunca tivesse acontecido. Você perde coisas e, às vezes, acessar palavras parece até difícil.

Você quer se afastar das vibrações mais baixas
Mulher branca dançando num campo, enquanto segura lenço florido.
mariephotoacadie / Reshot
Tudo o que é “negativo”, ou é de uma vibração mais baixa, parece simplesmente até mesmo lhe enjoar. É aplicável a tudo: lugares, pessoas, coisas. Não querer conviver com pessoas que se queixam continuamente e nem rodeada de multidões.

Habilidades psíquicas podem aparecer
Ver cores, esferas. Algumas pessoas sentem cheiros de rosa, outras ouvem coisas, vozes, sons, sinos, canções, palavras. Algumas pessoas sentem que algo vai acontecer ou está acontecendo na Terra ou com uma pessoa em particular.

Precisar de mais descanso
O seu corpo, os seus circuitos energéticos estão sendo reestruturados.

Perda de identidade
É como se o que você era, não existisse mais. Você integrou mais luz e está mais ligado com sua divindade, sua essência, sua alma, seu superior, um novo “você” tomou lugar.

Acontece das pessoas que lhe conhecem não lhe reconhecerem mais.

Dores e novas dores incomuns
Antigos males voltando. Podem ser causados pela nova energia que está simplesmente a transformar ou a libertar os bloqueios que você tem em seu corpo físico, permitindo que as altas vibrações tomem lugar. Beba mais água.

Sentir-se confuso
É como se você não soubesse mais onde você se encontra. Torna-se difícil para você sentir-se no seu lugar em vários lugares, com pessoas com as quais você tinha afinidades antes. E pode até sentir um mal-estar em quase todo lugar.

Vivendo múltiplas mudanças
Já que você muda, e a sua vibração muda, o seu ambiente também muda. Você atrai pessoas, situações, eventos diferentes. Seus amigos mudam, seu emprego, seus hábitos, sua residência. Novas coisas se instalam em sua vida, consistentes com sua nova vibração. Os elementos com baixa vibração tornam-se intoleráveis, seja nas conversas, nas atitude das pessoas, nas estruturas sociais, nos sistemas ou tradições que refletem antigas crenças já abandonadas.

Não quer fazer mais nada
Mulher branca sentada numa cama segurando câmera fotográfica.
Sarah Giegerich / Reshot
Talvez você queira simplesmente ficar em casa já que mais nada combina com a sua nova vibração. Você pode estar em um período de descanso. Ouça o seu corpo. Ele sabe o que você precisa. Torna-se indispensável cuidar de si e nutrir o seu interior.

Ter um apetite diferente
Para passar através das múltiplas mudanças que você está vivendo, é importante comer bem. Você pode precisar de comida várias vezes por dia. A comida com uma vibração elevada torna-se essencial “combustível”.

Ganho de peso na região abdominal
Sentir que não está no seu corpo. Você acelera a uma intensidade mais alta com acesso a outras dimensões. Ter a impressão da expansão energética e ser maior é também possível. Esteja bem ancorado à Terra.

Tornar-se muito sensível ao seu ambiente
As multidões, a televisão, os aromas, os produtos químicos e a comida lhe afetam mais, algumas vezes ficando até intoleráveis. Sentir-se perturbado ou oprimido facilmente é também outro sintoma sentido algumas vezes.

Ter altos e baixos emocionais
As nossas emoções e as nossas lágrimas nos ajudam a libertar o que representa “o antigo” e nos permitem ajustar-nos às novas vibrações. As lágrimas são uma forma de soltar, de libertação.

Querer Voltar “Para Casa”
Ter a impressão profunda que o seu lugar está em outro lugar, que você não quer mais estar neste planeta, no meio dessas vibrações que parecem cada vez mais baixas.

Ansiedade, pânico e histeria
O ego não quer “morrer”. Pode ser que o medo se instale, pois é o desconhecido que se encontra na sua frente e nem sempre é fácil entender o que se passa e o que você vive. Você também está abandonando os “padrões” profundamente ancorados, que são de uma vibração mais baixa, aqueles que você desenvolveu no mundo 3-D ou que são oriundos de seus antepassados.

É possível que você tenha a impressão de que você está perdendo a razão. Os padrões limitantes derivados do ego são chamados a desaparecer.

Alguns sentem que são mais vulneráveis e, até mesmo, impotentes. Quando você sentir isso, cerque-se de pessoas que podem lhe apoiar na sua transformação. Esses sentimentos passarão e se transformarão em sentimento de segurança, harmonia, confiança e amor.

Ter a impressão de não ser compreendido e estar sozinho(a)
As pessoas ao seu redor não entendem o que está acontecendo. É possível encontrar suporte com pessoas que vivem a mesma coisa.

Veja os jogos do ego
Ter a capacidade de direcionar quando o ego estiver presente em algumas situações, quer seja dentro de você ou fora de você.

Ter uma nova visão da vida
Você reconhece facilmente o que vibra com as antigas energias e o que vibra com a nova energia.

Motivação quem faz é você
Reconheça que a ascensão espiritual é individual
Reflita sobre o processo de ascensão que está acontecendo no mundo
Desvende o quão distantes estamos da transição planetária
Suores noturnos
Seu corpo liberta muitas coisas. Pode ser que a sua vibração se eleve e você sinta um enorme calor havendo, assim, a libertação de toxinas.

Os planos mudam continuamente
Você está pensando em ir em uma direção, e então tudo muda.

Tudo parece claro e depois nada é.

Ter sonhos intensos, até mesmo violentos
Libertação de memórias de vidas anteriores ou de memórias de vibrações baixas.

Ter sonhos fantasiosos
Os sonhos parecem muito vívidos e até portadores de mensagens.

Sentir-se deprimido
Muitos sentem um intenso sentimento de tristeza e até de frustração de estar na Terra atualmente. O mundo exterior não parece estar em alinhamento com o seu novo você, ou com aquele que você se torna.

Quer afastar-se do drama
Você não precisa de drama na sua vida porque suas vibrações o afetam cada vez mais. Você não precisa ter razão ou ser compreendido. Você não sente a necessidade de convencer quem quer que seja.

Ter menos fome
Seu corpo se ajusta à nova energia e também há uma parte de você que já não deseja comer a mesma comida. Você também pode se tornar mais sensível a qualquer comida que não tenha altas vibrações.

Aparecimento de vários sintomas físicos
Tonturas, perda de equilíbrio, dores nas costas e pescoço, zumbido nos ouvidos, visão turva, palpitações, dificuldade em respirar, dores de cabeça, sintomas parecidos com os do resfriado, arrepios.

Acordar entre 02h00 e 04h00 da manhã
E depois, vai até às 05h00. Já que tantas coisas acontecem durante o seu sono, tomar uma pausa parece justificada. Você liberta muito enquanto dorme.

Sentir-se como se estivesse em uma panela de tempo
Há uma energia intensa na sua cabeça. Você pode sentir um estresse enorme por causa disso. Você se ajusta às altas vibrações que chegam das altas esferas. Se os seus circuitos energéticos estão bloqueados, a energia pode se manter ao nível da cabeça. Se isso acontecer, há diferentes terapias que você pode usar para libertá-los de seus bloqueios. Respire profundamente: durante esse processo, detritos energéticos, velhos comportamentos e crenças podem ser empurrados para a superfície e pode ser que você não esteja ciente disso; é importante reservar tempo para você, respeitar o seu ritmo de assimilação e integração de mudanças que ocorrem.

Pode haver outros sintomas
Lembre-se que este é um processo e que, muitas vezes, ocorre em ondas. Você vai ter pausas. Ouça o seu corpo. Alimente-se bem. Ancore-se constantemente. Respire fundo e lembre-se que você não está sozinho. Os sintomas podem tornar-se mais presentes por momentos e, em seguida, desaparecer.

Respeite o ritmo da sua transformação. Há momentos em que haverá integração e outros momentos em que você terá que estar em ação. Você também pode pedir que um abrandamento aconteça se isso se tornar muito intenso.

Lembre-se que você muda e liberta o que você não precisa mais, o que lhe limita, o que não lhe permite estar conectado com o seu pleno potencial. É possível que você também se sinta “empurrado” para trazer mudanças concretas em sua vida. Sua vibração se torna mais alta e você se torna um novo ser humano. Você pode sentir medo em relação a isso. Infelizmente, não há um manual. Essa é uma grande novidade para todos.

Sem permissão para ver links. Regista te ou Entra
7
Ovnilogia / Cifa
« Última mensagem por maryn em Setembro 07, 2021, 06:22:38 »
QUEM SOMOS
O CIFA – CENTRO DE INVESTIGAÇÃO DE FENÓMENOS AEROESPACIAIS – é uma entidade civil, sem lucrativos, que se propõe ao estudo, análise e investigação de fenómenos aeroespaciais (vulgo OVNIs), bem como a divulgação dos seus trabalhos possam contribuir na sociedade portuguesa, para um melhor esclarecimento global sobre a temática inclusa no seu âmbito de atividades nacionais.

CIFA
QUEM SOMOS
O CIFA – CENTRO DE INVESTIGAÇÃO DE FENÓMENOS AEROESPACIAIS – é uma entidade civil, sem lucrativos, que se propõe ao estudo, análise e investigação de fenómenos aeroespaciais (vulgo OVNIs), bem como a divulgação dos seus trabalhos possam contribuir na sociedade portuguesa, para um melhor esclarecimento global sobre a temática inclusa no seu âmbito de atividades nacionais.

 
PRESIDENTE

Nome: Vitor Manuel Almeida Moreira
Data de nascimento: 16/02/1964
Naturalidade: Porto
Função atual no projeto CIFA: Presidente e Investigador
Percurso no estudo da fenomenologia OVNI:

1977 – Editou 4 números da revista portuense “INÉDITO”, pela mão de um grupo de estudiosos do secundário e liceu na cidade do Porto, inserido em várias temáticas (ovnilogia, astronomia,…);

1981 – Ingressou no CEAFI – Centro de Estudos Astronómicos e de Fenómenos Insólitos, do Porto, já na parte final da sua dissolvência;

1984 – Esteve na fundação (não na escritura pública) até 1986 da CNIFO – Comissão Nacional de Investigação do Fenómeno OVNI, do Porto, tendo sido editor em alguns números do seu boletim interno;

1987 – Foi fundador e Presidente (com escritura pública) da APPO – ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE PESQUISA OVNI (Porto-Cacém), entre 1987-1996, e diretor da publicação oficial “APPO Boletim”. Realizou no IPJ, em 1993, a primeira exposição fotográfica sobre os OVNI ressaltando o âmbito nacional e internacional. Desenvolveu vários projetos públicos de informação e divulgação que foram relevantes na época, tendo sido honrado por uma vasta equipa de membros com enorme empenho no trabalho que permitiram a execução dos objetivos então divulgados;

2016-2021 – Fundador do projeto CIFA e coordenador do boletim interno “NOTA INFORMATIVA” (Vila do Conde) , estando em curso várias iniciativas programadas no âmbito da investigação, comunicação e formação no estudo civil dos Não Identificados.

 
OBJECTIVOS E MISSÃO
Após muitos anos de divulgação pelos média e alguns grupos civis sempre presentes num passado no quotidiano do cidadão comum, emerge a necessidade de quantificar e analisar dados do fenómeno, que em muitas épocas distantes das atuais, fizeram-se prevalecer sem qualquer explicação racional.

Embora os relatos destes fenómenos habitualmente descritos no âmbito civil e pelos média, nunca tenha sido consagrado numa avaliação por profissionais em Ciências, a nossa convicção passa por reverter este quadro e reformular “as mentes abertas” no que concerne ao apoio e referenciado tema de estudo.

No trajeto realizado mesmo antes da sua fundação oficial da entidade, a preocupação máxima estabelecida no seu quadro de Membros voluntários foi desenvolver aprendizagens, técnicas de estudo e de intervenção, que sejam capazes em Ciência na obtenção resultados práticos sempre na máxima exigência no seu percurso de trabalho no investigador.

Os estudiosos civis  na máxima e total transparência e determinados na procura de respostas face ao desconhecido destas fenomenologias, estão unidos na procura de novos dados nacionais que permitam estabelecer um padrão de conhecimento global, na sua melhor compreensão destas manifestações e de forma pedagógica promover a sua melhor divulgação na sociedade portuguesa.

Nesta realidade para a identificação destes fenómenos aeroespaciais (OVNIs) que ultrapassam diariamente as nossas fronteiras, é confrontado um enorme fosso e resiliência entre o apuramento de tecnologias Físicas, provocando padrões sociológicos e culturais muito adversos, naquela que é conhecida como a História da Humanidade.

 
O NOSSO COMPROMISSO
Incentivar a sociedade civil, comunicação social e demais entidades oficiais (estabelecendo protocolos institucionais) num planeamento e modelo de estudo que possam contribuir num juízo mais fundamentado face às ocorrências nacionais sendo a diretriz prioritária a que nos propomos.

Formar equipas de trabalho em Gabinete e de intervenção no Terreno, são diretrizes a que nos propomos realizar por etapas e localizadas estrategicamente em território nacional.

Visitem-nos em Sem permissão para ver links. Regista te ou Entra
8
Ciências "Saúde" / De onde vêm os pensamentos?
« Última mensagem por Athena em Agosto 03, 2021, 19:08:00 »

Sem permissão para ver imagens. Sem permissão para ver links. Regista te ou Entra


De onde vem os pensamentos?

Em uma pesquisa realizada recentemente em Chicago com 500 pessoas, descobriu-se que, ao longo de um dia normal, as pessoas pensam 3 vezes mais no futuro do que no passado. Isso fundamenta a tese mais nova dentro da psicologia positiva, defendida pelo seu fundador, Martin Seligman, de que o que nos distingue dos outros seres vivos é a prospecção do futuro, mais do que o raciocínio, abstração, lógica.

Se você já praticou algum tipo de meditação alguma vez, terá notado que o exercício de focar a atenção em um objeto – como na respiração – é simples, porém desafiador. A nossa mente produz pensamentos, mais sobre o futuro, segundo esta descoberta, mas também sobre o passado ou mesmo constatações sobre o presente.

Aprenda a trazer a sua mente para o presente! Faça também o Programa de 8 Semanas de Meditação de Mindfulness

Uma pergunta interessante que podemos nos fazer é: da onde vem os pensamentos? Para que e porque eles surgem?

Distinguindo o eu dos pensamentos
Quando temos um cognição e estamos mergulhados nela, podemos nem perceber direito que estamos pensando. Um exemplo que sempre dou nos grupos de Mindfulness é quando surge um pensamento negativo como “que dia horrível” ou “como eu sou desastrado”. Pensamos um pensamento como esse e já o compramos, acreditamos, até chegamos a “ser o pensamento”.

Se damos um passo atrás e notamos que estamos tendo um pensamento sobre X ou Y, já estamos criando um espaço, uma distância entre o eu e o pensamento. Em vez de “que dia horrível” aparece a consciência “estou pensando que dia horrível”. E nesse sentido tanto faz se é negativo ou positivo: “estou pensando que manhã maravilhosa, que sol lindo, que pessoa bacana eu sou”, etc.
 
Há o pensamento. Há o eu que pensa o pensamento. Igual a desfusão cognitiva. Também podemos falar em meta-cognição, uma cognição que pensa uma cognição.

O eu que observa os pensamentos
Indo mais além, podemos nos aproximar da consciência de que estamos observando o processo: “eu estou observando que estou pensando como sou inteligente” ou “estou observando que estou pensando sobre X ou Y’.

Se chegamos a esse ponto de observação dos eventos mentais, notaremos que os pensamentos vem e vão. Independente da sua qualidade, positiva, negativa ou neutra, os pensamentos aparecem, duram um tempo e desaparecem.

A questão curiosa é: da onde eles vem? Por que eles surgem?

De onde vem os pensamentos?
Com o desenvolvimento das neurociências, conseguimos ver ao vivo que área do cérebro fica ativada enquanto realizamos alguma atividade como lembrar, calcular, sonhar, responder, falar um outro idioma.

Entretanto, dizer que o pensamento X ativa a região Z do cérebro não me satisfaz como resposta. Estamos dando apenas uma localização anatômica para um evento. Ora, a localização é – para a nossa vida cotidiana – irrelevante. Saber que estamos ativando o córtex pré-frontal não muda muita coisa.

Talvez a pergunta não esteja bem colocada. Qual é a finalidade do pensamento que apareceu, está aparecendo ou vai surgir daqui a alguns minutos?

Pensamentos com uma direção e um personagem
Existem pensamentos que são tão somente constatações do que está ocorrendo agora (ou ocorreu). Por exemplo, uma mulher está conversando ali na rua. Um avião acabou de voar aqui em cima. São quase que como pensamentos-sensação. Estão próximos da percepção.

Temos pensamentos sobre o passado (lembranças) e pensamentos sobre o futuro (sonhos, imaginações, expectativas, planejamentos).

Além destas categorias, podemos imaginar que por trás de uma classe de pensamentos específicos está um personagem da nossa psique. Essa forma de analisar está presente na psicologia analítica do Jung e no psicodrama (Gestalt também).

Por exemplo, Russ Harris, um importante autor dentro da Terapia de Aceitação e Compromisso (ACT), cita que ao longo da sua formação em medicina, muitas vezes percebeu o pensamento do que chamou de Síndrome do Impostor. Notando esses pensamentos, ele apenas dizia para si, “ah, mais uma vez esse pensamento que não sou capaz”, como um de personagem que não valoriza ou acredita nos seus próprios esforços.

Uma outra pessoa pode vir a notar os seus pensamentos do seu personagem interno “poeta”, “romântico”, “intelectual”, “ditador”, “como a avó materna”…

No Livro Vermelho de Jung, sobre o qual estarei publicando em breve um livro sobre, o autor encontra diversos desses personagens do seu mundo (cada um com o seu). Ele encontra o eremita, o leitor, o Vermelho (um aspecto negativo como um diabo), uma donzela, um santo, um mendigo… e assim por diante.

Ao entrar em contato com essas partes de sua psique, de sua alma, ele vai se encontrando.

Como talvez você possa ter imaginado, entrar em contato com certos personagens não é algo necessariamente agradável. Reconhecer que temos pensamentos maldosos, bobos, provincianos, odiosos, etc, é fazer o encontro com nossa sombra, o lado da nossa personalidade que tendemos ou queremos esconder.
 
Porém, se tivermos coragem de ouvir, ver, entrar em contato com estes pensamentos e esses personagens, estaremos certamente dando um passo à frente em nossa jornada de desenvolvimento e autoconsciência.

O exercício consiste em notar e anotar o pensamento e que “tipo de personagem” (podemos dar um nome a ele) teria este tipo de pensamento.

Conclusão
A pergunta de onde vem os pensamentos gera respostas a partir de perspectivas diferentes. Nas neurociências, vamos encontrar a localização no corpo, no cérebro. Na psicologia, fenomenologicamente, vamos encontrar os pensamentos mais próximos (fusão cognitiva) ou mais longes do eu (desfusão cognitiva).

Além dos pensamentos de constatação, sobre o passado ou sobre o futuro, também podemos aprender sobre nós mesmos imaginando que certos pensamentos são atribuíveis a um ou mais personagens internos.

Se conseguirmos superar as resistências, podemos vir a entrar em contato com tais facetas escondidas ou inconscientes de nós mesmos, acelerando o nosso processo de individuação.

Sem permissão para ver links. Regista te ou Entra
9
Relatos e Experiências Sobrenaturais / Re: Visão
« Última mensagem por JohnnyBlaze em Junho 21, 2021, 10:41:59 »
Sem permissão para ver links. Regista te ou Entra
Boa noite,

Há anos que não publicava aqui. Mas tenho uma história interessante para partilhar.
Há alguns anos atrás (era eu uma adolescente), viajava de carro com os meus pais a caminho da aldeia da minha avó. Pelo caminho, ia a olhar pela janela e de repente, em cima de um muro, vi um rapaz com cerca de 8/9 anos, mesmo perto da berma do muro alto e apanhei um grande susto porque pensei "O miúdo vai cair dali". Perto dele estava um sinal de trânsito (isto vai ser relevante mais à frente). Vi o menino e inclinei-me para a frente para dizer aos meus pais que estava uma criança quase a cair do muro, quando olho outra vez, já não estava criança nenhuma. Fiquei muito confusa, nunca me tinha acontecido nada assim. Ainda pensei que o menino tivesse corrido para trás e desaparecido do meu campo de visão. Achei isto muito estranho mas nunca encontrei grande justificação.
Anos mais tarde, estava sentada numa mesa com uma prima minha e começamos a falar de sonhos... Ao que ela me diz... "Eu há uns anos atrás estava sempre a ter o mesmo sonho". Pedi-lhe para me contar e à medida que ela me contava eu ia-me arrepiando toda (nunca lhe contei a história do menino). Começou por dizer que sonhava com um menino, uma criança com cerca de 8/9 anos que estava na aldeia da minha avó e sempre no mesmo local (em cima da rotunda) - não era o mesmo local que eu mas era a mesma aldeia e no meu caso tinha um sinal de trânsito perto e era ligeiramente atrás do sítio que ela referiu - e nesse sonho este menino que segundo ela era ela mas em rapaz, abraçava-se à mãe da minha prima a chorar e dizia repetidamente "Por favor, não me abandones, não de deixes, por favor, por favor!"
Quando acabou de me contar esta história eu estava já quase a chorar e então contei-lhe a minha. Ficamos mesmo emocionadas com tamanha "coincidência".
Tenho a acrescentar que juntas tentamos encontrar uma explicação e a única coisa que conseguimos ligar à história era que a minha tia tinha um irmão gémeo que faleceu ainda em bebé. Poderá ter alguma relação?
Outra coisa a acrescentar é que o meu avó quando estava muito doente e de cama, disse a outra tia minha: "Quem é esse menino aí à tua beira?" E a minha tia respondeu: "Não está aqui ninguém, pai." E ele insistiu: "Está sim, esse menino mesmo ao teu lado."
É de referir que o meu avô não sabia da minha história nem do sonho da minha prima.
O que acham disto tudo? Acho que são "coincidências" a mais.

Bom dia Aquariousgirl. Obrigado por vires partilhar a tua experiencia. Olha se é Deus com sinais, ou não, eu não sei. Cada um têm a sua própria interpretação de força superior. Aquilo que tenho estudado é sincronicidade e ligação que temos com as pessoas ou coisas. Como aquele exemplo de clichê que acredito que já toda a gente experienciou sobre estarmos a pensar numa pessoa e essa pessoa liga. Coincidências para mim, só são coincidências quando a situação não é pormenorizadamente semelhante. Como o de passar um carro na minha rua hoje e amanha passar outra vez à mesma hora. É uma coincidência mas não tem nada de espiritual.
No teu caso as semelhanças são obvias, quase de certeza se deve à ligação que tens com a pessoa, partilharam inconscientemente uma experiencia, seja ela qual for, é difícil saber, mas que partilharam isso partilharam.

No entanto, não consegui encontrar ligação dessa tua experiencia com o irmão da tua tia. Com todo o respeito não faz sentido acharmos que uma energia/consciência/espirito se manifeste visualmente mais velho do que quando faleceu. Penso que uma coisa não tem nada que ver com outra. Aliás, segundo conceitos budistas, as consciências dos mais novos, são encaminhadas quase que instantaneamente para voltarem a reencarnar. Quem fica, muitas vezes, são as pessoas mais adultas que ainda muito ligadas ao mundo material e consumista  permanecem cá. Devido por exemplo a preocupações variadas, preocupadas com familiares, contas, o carro, casa, drogas (principalmente), até chegarem a uma fase mais complicada da sua "inconsciência" caso não sejam encaminhadas.
10
Relatos e Experiências Sobrenaturais / Re: Visão
« Última mensagem por YESNO em Junho 18, 2021, 22:24:28 »
Caríssima,
Diz-se que "Coincidências são recados de Deus quando prefere não assinar". De fato, quando as coincidências são muitas, até o acaso desconfia. Não são coincidências. Para não entrarmos abruptamente no campo do espiritismo para dizer que vocês têm grande sensibilidade mediúnica, podemos dizer que espíritos transitam numa realidade diferente, algo como universos paralelos que, vez ou outra entrelaçam com este na presença de agentes psíquicos ou sensitivos. É o que são, você, sua prima e seu avô, antenas vivas de sintonias espirituais. Tive vários parentes assim que tinham visões e minha avó até interagia com as "visões" embora não fosse espírita, mas católica.
Penso que se prestar mais atenção a alguns fatos de sua vida (ou de sua prima) descobrirá mais ocorrências parecidas e fatos que, aos outros parecerão insólitos.
Paz e Bem!
Páginas: [1] 2 3 4 5 6 7 8 9 10
Parece que você ainda não está registado no Portugal Sobrenatural - Comunidade Ligada ao Estudo do Sobrenatural e Paranormal /. Regista te ou, Clik aqui...